Conecte-se conosco




Pastor

PF chama pastore para depor no caso Valdomiro Pereira e CEADEB

Publicado

em

Pr chama pastores para depor no cao Ceadeb

Parece que o Pastor Valdomiro Pereira conseguiu mais calar um dos seus opositores mais ferozes, depois que o mesmo está usando as redes sociais para negar qualquer acusação contra o presidente da Assembleia de Deus na Bahia.

+ Cantor gospel Yudi Tamashiro fala do assalto que quase tirou a sua vida e dos livramentos de Deus

Chamado para depor na delegacia contra o Pastor valdomiro Pereira, o Pastor Weldo Batista, que é bastante conhecido no mundo evangélico por ter sido opositor do presidente da CEADEB, resolveu usar as redes sociais para negar qualquer envolvimento, alegando que não sabe de nada que possa incriminar o Pastor Waldomiro, bem diferente do que ele vinha dizendo anteriormente.

A Polícia Federal vem investigando uma ação aberta por 33 pastores, incluindo deputados e advogados da CEADEB contra Valdomiro Pereira, e uma das testemunhas de acusação seria o próprio Pastor Weldo Batista, mas ele passou a defender.

Mas, o que poderia ajudar em incriminar o Pastor Valdemiro e tira-lo do poder da Assembleia de Deus, parece que não será tão fácil com essa recusa do pastor Weldo Batista.

No aúdio que circula nas redes sociais, o Pastor Weldo Batista deixa claro que não sabe porque foi colocado como acusação, e o que seu depoimento pode favorecer nas investigações.

"Quero pedir orações, pois vou estar na polícia amanhã, pois fui incluído como testemunha de acusão contra a CEADEB sobre um possível caso de caixa dois, que eu não sei do que se trata, não conheço esse processo contra Waldomiro Pereira, acredito que ele que deva ir lá responder, e eu não sei o que falar, pois não estou sabendo de nada, mas vou responder todas as questões. Entendo que assuntos de igreja e de pastor deve ser resolvido em local apropriado. Não tenho nada contra o pastor Waldomiro".

Existe um grupo de pastores da Bahia descontentes com o Pastor Waldomiro Pereira, onde resolveram fazer diversas denúncias contra ela, alegando improbidade administrativa.

Inclusive, eles denunciaram que o Pastor valdomiro Pereira teria comprado uma rádio, chamada CEADEB Comunicação, onde estaria no nome dele, processo totalmente contrário ao que foi alegado por ele no momento da compra.

Outra denúncia, desta vez mais grave, seria de abuso sexual a um fiel da igreja que aconteceu a quase 10 anos atrás na Igreja Assembleia de Deus, no bairro da Liberdade.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo
1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Pastor que criticava Valdomiro Pereira volta atrás e nega ter algo contra ele e CEADEB

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pastor

Pastor de São Luís do Maranhão continua desaparecido, apenas seu automóvel foi encontrado

Publicado

em

Pastor desaparece sem deixar rastros

O Pastor Mackson da Silva Costa, ainda está desaparecido, embora seu automóvel já tenha sido localizado. O religioso, que também é funcionário público da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, sumiu na sexta feira, dia 11 de Outubro. De acordo com informações da imprensa, ele avisou aos familiares que faria um depósito bancário no horário de almoço.

+ Pastor Junior Trovão entra em penitenciária e choca evangélicos nas redes sociais

Desde então, o pastor evangélico de São Luís do Maranhão, não foi mais visto e não deu notícias. Seu automóvel foi encontrado ontem, dia 13 de Outubro, dois dias depois de seu desaparecimento. Ele que tem apenas 37 anos, trabalhava como técnico de informática na Prefeitura.

No dia do sumiço, ele trabalhou por todo o período da manhã, mas ao se dirigir à sua residência, resolveu realizar uma operação bancária, mas, a partir de então, nem entre os familiares, nem no trabalho há notícias de seu paradeiro. Em meio a todo esse mistério, o seu veículo foi encontrado, a quilômetros de onde ele supostamente desapareceu, mas sem sinais de arrombamento.

A sua família agiu de maneira rápida e precisa, e já na noite de sexta feira, comunicou o fato às autoridades policiais.

Mais de 82 mil pessoas, entre adultos, crianças e adolescentes sumiram no Brasil nos últimos dois anos. É um numero alarmante de casos, e são classificados de maneira diferentes pelas autoridades. Sendo o mais comum, o desaparecimento forçado, onde a vitima é obrigada a sumir.

A Internet está noticiando o caso do pastor Mackson, desaparecido no Maranhão, em massa, e os esforços das autoridades, agora são para entender o que teria acontecido com ele. O automóvel dele, já localizado, está em perfeitas condições.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Pastor

Pastor é preso por estelionato após aplicar golpe de mais de R$ 90 mil em fiéis

Publicado

em

Pastor estelionatário é preso

Foi preso na manhã de terça-feira (8) um pastor suspeito de estelionato. A polícia civil cumpriu mandados de busca e apreensão na casa, na igreja, no escritório e também na empresa do pastor. As investigações começaram mais ou menos a cerca de seis meses, com a notícia dos próprios fiéis, que foram até a delegacia denunciando que tinham sido vitimas do pastor.

+ Homem suspeito de matar policial se esconde dentro de igreja evangélica

O suspeito de estelionato, Jesiel Júnior Costa Oliveira, de 40 anos, da cidade de Divinópolis, é dono de uma empresa que faz recursos de multa de trânsito. E ele convidou essas vítimas para serem sócias. Para umas, ele ofereceu franquia, quando na realidade ele não é franqueador. Para outras, ele oferece sociedade.

Todas as vítimas do religioso são fiéis da igreja, que já o conhecia de muitos anos. Uma delas teria feito um depósito de R$ 90 mil na conta da Igreja Batista Filadélfia Internacional, da qual o pastor é líder.

A polícia diz que os depósitos eram feitos para o pastor na conta da igreja para evitar tributação.

Na apreensão, a polícia recolheu dinheiro na casa de Jesiel vindo de doações da igreja, dinheiro em moeda do exterior, computadores, uma camionete, documentos, passaportes, carnês de pagamento que traria de volta a pessoa morta após o pagamento, mexendo com a fé e a ingenuidade dos fiéis. etc.

Em depoimento, o líder da igreja falou que todas as pessoas que se dizem vítimas de estelionato na verdade fizeram doação e não compra de participação da empresa.

Ele foi preso preventivamente, as autoridades vão concluir com a investigação e foram bloqueados os bens do pastor para que as vítimas possam ser ressarcidas.

Jesiel tem igrejas em Belo Horizonte e na Venezuela, e por isso a polícia acredita que mais vítimas possam aparecer.

Em entrevista ao G1, o pastor diz que está sendo perseguido, pois a igreja é antiga na cidade e muitas pessoas querem o seu mal.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Pastor

Pastor Gilmar Fiuza fica preso em aeroporto e culpa descaso da companhia aérea

Publicado

em

Pastor Gilmar Fiuza faz denuncia contra empres aérea

O Pastor Gilmar Fiuza usou a sua conta no Instagram para fazer um desabafo após ficar preso em um aeroporto por mais de hora. Ele culpou a companhia aérea Gol pelo descaso no atendimento aos clientes.

+ Pastor Denilson Lima é detonado na Internet

Em viagem pelo Paraná, o pastor Gilmar Fiuza estava no aeroporto de Maringá nesta segunda 07, aguardando um voo, que por problemas de mal tempo não conseguiu embarcar no horário combinado.

O que virou motivo de indignação por parte de Fiuza foi o descaso que a Gol Linhas Aéreas. Ela não estava fornecendo qualquer assistência para eles enquanto o problema de voo era resolvido, deixando todos com fome por mais de 3 horas.

"Estou passando aqui para fazer a minha manifestação e indignação contra a Gol Linhas Aéreas. Por falta de boas condições climáticas no Aeroporto de Maringá, a Gol suspendeu o voo dela, causando um caos aqui no aeroporto de Maringá. Contra as condições climáticas nós não temos o que dizer. Na verdade, é a falta de administração e o mal atendimento dado aos passageiros. A empresa deveria alocar esses clientes em um hotel etc. Eu cheguei as 3hr da manhã, são 6h20 e eles ainda não conseguiram resolver. Depois de muita insistência eu consegui um voucher para comer. É um descanso e falta de respeito! Péssimo trabalho!"

Nos comentários foi possível ver a indignação das pessoas com o fato, onde alguns até mesmo disseram que já foram vítimas do mesmo problema que o Pastor Gilmar Fiuza.

Como os pastores usam bastante as companhias aéreas para se locomover pelo Brasil, sempre noticiamos casos iguais a esses, que atrasam a vida e atrapalham os outros compromissos.

O problema em questão não é o fator tempo, porque isso não é culpa da Gol, mas sim a falta de informações e a displicência quando o assunto é dar qualquer assistência enquanto o voo não é autorizado.



O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Recentes

POPULARES